Geral Minas Gerais

Covid-19: maioria das cidades das Vertentes tem situação indefinida sobre a transmissão da doença nos primeiros dias de janeiro de 2022

Por Redação

13/01/2022 às 12:06:44 - Atualizado há
As informações são do informativo semanal do Núcleo de Ensino Pesquisa e Extensão em Economia da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ). Confira os dados dos municípios. Reprodução do modelo em 3D criado pela Visual Science para ilustrar a resposta do sistema imune à infecção pelo novo coronavírus. As bolinhas brancas ao redor do vírus representam anticorpos protetores contra o vírus, que impedem que ele se una às células hospedeiras e as invada, além de atrair células do sistema imune que destroem o vírus.

Reprodução/YouTube Visual Science

A maioria das cidades do Campo das Vertentes com a situação da Covid-19 dada como indefinida, conforme o 1º boletim semanal do Núcleo de Ensino Pesquisa e Extensão em Economia da Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ) divulgado nesta quinta-feira (13).

São elas: Alfredo Vasconcelos, Alto Rio Doce, Antônio Carlos, Capela Nova, Carandaí, Cipotânea, Desterro do Melo, Ibertioga, Ressaquinha, Santa Bárbara do Tugúrio, Santa Rita de Ibitipoca, Santana do Garambéu e Senhora dos Remédios.

Veja abaixo os destaques do informativo desta semana:

Elevação: Barroso, Madre de Deus de Minas, Santa Cruz de Minas, São João del Rei e Barbacena;

Redução: Dores de Campos;

Estabilidade: nenhum município foi classificado nesta categoria

Casos zerados: Paiva;

Indefinição: Alfredo Vasconcelos, Alto Rio Doce, Antônio Carlos, Capela Nova, Carandaí, Cipotânea, Desterro do Melo, Ibertioga, Ressaquinha, Santa Bárbara do Tugúrio, Santa Rita de Ibitipoca, Santana do Garambéu e Senhora dos Remédios.

Os dados do informativo são colhidos e analisados pelos professores Douglas Marcos Ferreira e Gustavo Carvalho Moreira e divulgados semanalmente. Confira abaixo detalhes e análise das maiores cidades da região.

Informativo anterior: maioria das cidades do Campo das Vertentes zera casos da doença na 3ª semana de dezembro

O boletim semanal com informações da Covid-19 no Campo das Vertentes, estava temporariamente suspenso em virtude do recesso acadêmico da instituição e foi retomado nesta quinta.

Análise da situação da Covid-19

Em São João del Rei, o ritmo de contágio foi classificado como elevado nesta 1ª semana de janeiro.

A média móvel atual de novos casos no município é de 70,6 ao dia, o que representa uma elevação de 1.312%, em relação a 14 dias atrás, quando a média móvel era 5.

Barbacena também foi classificada com ritmo de contágio em elevação. A média móvel é de 34,86.

Confira abaixo a tabela com os dados completos das localidades que fazem parte da área de cobertura da TV Integração e integram o Campo das Vertentes:

Evolução da média móvel de casos

*Não foi possível comparar matematicamente a média móvel atual (12/01) com a de 14 dias atrás (29/12).

Como é feito o cálculo?

A média móvel é um indicador de como a pandemia se propaga e consiste na divulgação de novos casos dos últimos 7 dias.

A comparação é feita com 14 dias atrás e fornece a tendência de contágio em determinado município:

> 15 %: aceleração no ritmo de contágio;

entre -15% e 15%: estabilização no ritmo de contágio;

< -15 %: redução no ritmo de contágio.

VÍDEOS: veja tudo sobre a Zona da Mata e Campo das Vertentes

Fonte: G1
Comunicar erro
Dia a Dia Notícias

© 2022 Copyright © 2022 - Dia a Dia Notícias. Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Dia a Dia Notícias