Educação Educação

USP anuncia mudanças no vestibular da Fuvest de 2023; comissão será instalada para verificar autodeclaração

Por Redação

30/06/2022 às 13:56:31 - Atualizado h√°
Candidatos concorrentes às vagas destinadas a pretos, pardos e indígenas (PPI) serão verificados pela comissão antes da confirmação da matrícula. Na foto, candidatos fazem prova na Faculdade de Educação na USP, Zona Oeste de São Paulo.

ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Universidade de São Paulo (USP) anunciou três mudanças no Vestibular de 2023 da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest). Entre elas está a implementação de uma comissão para a verificação da autodeclaração dos candidatos concorrentes às vagas destinadas a pretos, pardos e indígenas (PPI), antes da confirmação da matrícula.

As mudanças também incluem: alterações na forma de classificação dos candidatos e a obrigatoriedade da apresentação do comprovante de vacinação e de doses de reforço para efetuar a matrícula de aprovados (veja mais abaixo).

Essas alterações valem para as 8.230 vagas oferecidas pela Fuvest na edição. Os critérios das 2.917 vagas destinadas pelo pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), voltado aos candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), não sofreram alterações, segundo a entidade.

Todas as novidades foram aprovadas pelo Conselho de Graduação da entidade.

Fuvest 2023: veja datas e livros obrigatórios

Estudante realiza prova da segunda fase do vestibular da Fuvest neste domingo (16).

ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Entenda as mudanças

A partir do ano que vem, todos candidatos para um curso, independentemente da categoria em que se inscreveram (Ampla Concorrência, Escola Pública ou PPI) concorrerão, primeiramente, na modalidade de Ampla Concorrência (AC) e serão classificados de acordo com a sua nota no vestibular.

Ainda poderão concorrer às vagas destinadas à Política de Ação Afirmativa Escola Pública (EP) os candidatos que, independentemente da renda, cursaram integralmente o Ensino Médio em escolas públicas brasileiras. Da mesma forma, os candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas brasileiras, caso desejem, poderão concorrer também às vagas destinadas à Política de Ação Afirmativa Pretos, Pardos e Indígenas (PPI).

Dessa forma, serão preenchidas primeiramente as vagas para Ampla Concorrência, depois as vagas para Escola Pública, seguindo os critérios para essas vagas, e só depois as vagas para PPI.

O objetivo da alteração, segundo a instituição, é corrigir eventuais distorções e ampliar as possibilidades dos candidatos EP e PPI, pois os candidatos também disputarão as vagas de ampla concorrência, além das vagas destinadas para cada grupo.

"A mudança aprimora a política de ações afirmativas da USP ao pretender uma configuração do corpo discente mais próxima da realidade social brasileira”, ressalta o pró-reitor adjunto de Graduação, Marcos Garcia Neira.

Fuvest 2023: pedidos de isenção e redução de taxa podem ser feitos até 15 de julho

USP tem 41 cursos entre os 100 melhores do mundo em ranking internacional

Outra novidade é que será implementada uma comissão que fará a verificação da autodeclaração dos candidatos concorrentes às vagas destinadas a pretos, pardos e indígenas (PPI) e identificar possíveis casos de fraude antes da confirmação da matrícula.

De acordo com a instituição, a composição da comissão e os critérios para a verificação da autodeclaração ainda serão definidos pelo Conselho de Inclusão e Pertencimento da USP.

A USP também informou que estudantes aprovados no vestibular da USP 2023 deverão apresentar comprovante de vacinação contra Covid-19 (esquema vacinal completo) e de eventuais doses de reforço para efetuar a matrícula. A exigência já foi feita para os aprovados na edição deste ano, além dos alunos da graduação desde outubro do ano passado, quando as aulas presenciais foram retomadas.

Calendário Fuvest 2023:

Período de inscrição: 15 de agosto e 23 de setembro de 2022;

Prova da primeira fase: 4 de dezembro de 2022;

Provas da segunda fase: 8 e 9 de janeiro de 2023;

Divulgação da primeira lista de aprovados: 30 de janeiro de 2023.

Os livros obrigatórios para os vestibulandos que tentarão ingressar em 2023 na USP são os mesmos de 2022; veja a lista:

Poemas Escolhidos - Gregório de Matos;

Quincas Borba - Machado de Assis;

Alguma Poesia - Carlos Drummond de Andrade;

Angústia - Graciliano Ramos;

Mensagem - Fernando Pessoa;

Terra Son√Ęmbula - Mia Couto;

Campo Geral - Guimarães Rosa;

Romanceiro da Inconfidência - Cecília Meireles;

Nove Noites - Bernardo Carvalho.

VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e região metropolitana
Fonte: G1
Comunicar erro
Dia a Dia Notícias

© 2022 Copyright © 2022 - Dia a Dia Notícias. Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Dia a Dia Notícias