Minas Gerais Economia & Política

Painel aborda estratégias para o desenvolvimento do turismo

Para desenvolver o turismo de forma eficiente é preciso ter uma ação integrada que leve em conta a gastronomia, a valorização do patrimônio, da cultura e da natureza, envolvendo de forma ativa o poder público, empresariado e população local.

Por Redação

27/11/2023 às 12:37:42 - Atualizado há

Mercado Municipal

Uma das temáticas tratadas durante o painel foi a da implementação de mercados municipais como estratégia para impulsionar o setor turístico. "Mercado alia gastronomia, produtos típicos, artesanato. Ou seja, é um ótimo ativo como atração turística", comentou Luiz Carlos Braga, diretor-superintendente do Mercado Central de Belo Horizonte e consultor do Sebrae Minas.

Foi ele, inclusive, quem prestou consultoria para a criação do mercado que será inaugurado em 18 de dezembro, em Nepomuceno, no Sul do estado. A prefeita da cidade, Iza Menezes, disse que era um desejo antigo disponibilizar um equipamento de qualidade para servir tanto à população quanto aos turistas. "O prédio ficou muito bonito e terá espaço para 12 comerciantes. A prefeitura cedeu o espaço sem ônus, até mesmo sem aluguel, porque acreditamos que dará muito retorno para o município. Seguimos orientação do Luiz Carlos, um dos maiores especialistas do Brasil em administração de mercados, e constituímos uma associação de comerciantes que ficará diretamente responsável pela gestão", pontuou.

Ecoturismo

Outro ativo de grande valor é explorar, de forma sustentável, a natureza. Um exemplo bem sucedido é o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, localizado em Januária, no Norte de Minas. Como o nome já indica, o local é repleto de cavernas e grutas, além de ser abundante em trilhas ecológicas e cachoeiras.

Mas, para funcionar como destino atrativo, foi preciso que as cidades mais próximas (Januária, Manga e Itacaraí) fossem estimuladas a melhorar seus serviços de hotelaria e alimentação. Aí que entrou a parceria com o Sebrae Minas, que, por meio de programas como o Prepara Gastronomia e a promoção de festivais gastronômicos, fomentou o potencial turístico da região. "Fizemos um trabalho intenso de capacitação para que o turista pudesse ter uma experiência não só de aventura, mas também gastronômica, com valorização dos produtos locais. Além disso, fizemos treinamentos de guias e conseguimos o engajamento da população, que é fundamental para que tudo funcione", explicou Aline Magalhães, analista do Sebrae Minas na microrregião de Januária.

Mesmo estando fora da tríade de cidades mais próximas ao Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, o município de Bonito de Minas está na vizinhança e não perdeu a chance de se inserir no roteiro. Para isso, criou uma rota turística que inclui uma trilha que fica entre o Peruaçu e o Parque Nacional Grande Serão Veredas.

Além disso, o município vem apostando em ações variadas, como a realização do Festival Gastronômico, a criação da Casa de Cultura, a Rota dos Tropeiros e o incentivo à Sociedade das Costureiras. "Em todas essas atividades contamos com a parceria do Sebrae Minas. Hoje oferecemos experiências turísticas significativas, porque conseguimos incentivar empreendedores a investir em hotéis, pousadas e restaurantes, além de capacitarmos muitos moradores para atuar no setor de recepção ao turista", finalizou a prefeita Vânio Carneiro.

-

Assessoria de Imprensa | Prefácio Comunicação

Cesar Macedo – [email protected]

-

Comunicar erro
Dia a Dia Notícias

© 2024 Copyright © 2023 - Dia a Dia Notícias. Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Dia a Dia Notícias