Mariana Abuso

Estudantes fazem manifestação pacífica contra casos de assédio na Escola Estadual Dom Silvério em Mariana

Os jovens se concentraram na frente da escola e fixaram cartazes com frases de conscientização repudiando o assédio às mulheres

Por Redação

24/05/2022 às 15:29:14 - Atualizado há

Alunos da Escola Estadual Dom Silvério realizaram, na manhã de hoje (24), manifestações pacíficas contra casos de assédios que aconteceram na instituição. Com cartazes "Meu corpo não é corrimão", "Queremos aula, não assédio!" e "Respeitem suas alunas", os estudantes alegam inúmeros abusos que foram cometidos por um professor da escola que não pôde ser identificado.

O caso foi levado para a diretoria da escola e aproximadamente 16 alunas relataram casos de assédio que aconteceram dentro da instituição. Em decorrência das denúncias, o suspeito foi afastado temporariamente do cargo.

Uma aluna que não quis se identificar, contou que durante as aulas de educação física, o suspeito ameaçava as adolescentes de perderem pontos caso elas não fossem de calça legging ou roupas justas e direcionava comentários impróprios para as meninas.

Segundo os alunos que participaram do protesto, essa situação vem acontecendo "há um tempo". As mães de colegas que também já estudaram na escola em que o professor leciona há décadas, relataram conduta inapropriada desde quando estudavam lá. "Minha mãe estudava aqui e já via isso acontecendo com ela e com colegas", relembra.

Outra estudante que também estava presente no ato disse estar lutando por respeito. "Mesmo ele já estando afastado do cargo, nós estamos buscando justiça, pois assédio é crime", afirma.



Comunicar erro
Dia a Dia Notícias

© 2022 Copyright © 2022 - Dia a Dia Notícias. Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Dia a Dia Notícias